Curadoria de conteúdo: o que é, para que serve e como fazer

tablet emitindo vários sinais sociais

Curadoria de conteúdo é o processo de coletar, organizar e publicar conteúdo relevante de diversas fontes de forma organizada, de modo que gere valor adicional à sua estratégia de conteúdo e impacte de forma positiva o seu público. Ela serve como um complemento à sua criação de conteúdo, trazendo inúmeros benefícios para quem deseja posicionar-se como uma referência no mercado.

Neste artigo, vamos nos aprofundar sobre o que é curadoria de conteúdo, por que investir nessa tática e como colocá-la em ação. Vamos em frente?

 

O que é curadoria de conteúdo digital?

Criar conteúdo relevante, útil e autêntico tem se tornado cada dia mais difícil. Em 02 de abril de 2019 a internet já possuía mais de 5,24 bilhões de páginas indexadas. De 2014 a 2019, mais de 6 bilhões de páginas foram indexadas no Google.

Isso significa que nem sempre teremos aquela grande ideia para criar um conteúdo inédito e altamente relevante para nossa audiência. Todavia, nem por isso devemos deixar de gerar valor para o nosso público.

É nessas horas em que a criatividade falha ou o tempo se torna escasso que a curadoria de conteúdo entra como uma excelente aliada.

A curadoria digital consiste em buscar fontes confiáveis de informação na internet, selecionar conteúdos que sejam úteis para o seu público, segmentá-los de forma adequada e inseri-los no seu calendário editorial, mesclando-os com os conteúdos produzidos pela sua equipe.

Mesmo que não seja original e não tenha sido uma criação da sua empresa, o conteúdo curado gera relevância e autoridade para a sua marca, pois você está facilitando a vida dos seus seguidores ao realizar o trabalho de busca por eles.

 

Por que fazer curadoria de conteúdo digital?

Curadoria de conteúdo é uma forma simples e bastante assertiva de manter sua audiência bem informada sem que ela tenha que deixar seus canais de comunicação para ir em busca de outros. Se você é uma boa referência para assuntos de interesse, por que procurar por outras páginas ou feeds de notícias?

Existem outros motivos pelos quais você deve fazer curadoria de conteúdo, confira:

 

Otimizar o orçamento de marketing de conteúdo

Empresas que não possuem altos orçamentos de marketing de conteúdo podem se beneficiar da curadoria de conhecimento, mesclando conteúdo próprio com conteúdos de terceiros.

Se você investe em produção de conteúdo para web e faz publicações apenas duas vezes por semana, por exemplo, pode preencher os demais dias com conteúdos selecionados no processo de curadoria digital, mantendo todas as suas mídias sociais ativas e a um custo bastante atrativo.

Essa atividade ajuda, inclusive, a otimizar seus investimentos em conteúdo para redes sociais, que são canais que exigem uma interação maior quando se trata de compartilhamento de conteúdo.

 

Melhorar o SEO

A curadoria de conteúdo também pode ser uma excelente aliada nas táticas de SEO. Isso porque, ao organizar os conteúdos curados em listas ou diretórios, você se transforma em um hub de conteúdos de qualidade para sua audiência.

Digamos que você tenha um site que promove bares e restaurantes na sua cidade. Fazendo listas do tipo melhores restaurantes de Natal – RN, além de você se tornar referência para esse tipo de pesquisa, fica mais fácil posicionar-se frente aos seus concorrentes para palavras-chave bastante disputadas.

Também é possível aumentar a velocidade de indexação do Google em relação ao seu site, pois quem faz curadoria de conteúdo acaba realizando mais atualizações do que quem investe apenas em produção de conteúdo para blogs. E quanto mais páginas indexadas, mais chances de chegar até seus futuros clientes online.

Outro benefício da curadoria de informação para o SEO é a relevância dos links internos e externos do seu site. Quanto melhor for o seu link building, mais relevante seu site se torna para os mecanismos de buscas.

 

Tornar-se referência

A curadoria de conteúdo é uma excelente forma de manter-se informado sobre o seu segmento de mercado e, a partir de notícias atuais, potencializar o conteúdo para blog já criado. Neste caso, é fundamental ter a capacidade de produzir conteúdos rapidamente, aproveitando o time to market. Caso contrário, sua concorrência pode chegar na frente.

 

Educar sua audiência

Blogs e redes sociais não são os únicos canais de comunicação que podem dar vazão à sua curadoria de conteúdo digital. O e-mail marketing faz com que os conteúdos selecionados cheguem até seus leads rapidamente, contribuindo para que eles sejam educados quanto ao seu mercado.

Sua newsletter pode funcionar como um verdadeiro diário de notícias, levando conteúdo personalizado para centenas de pessoas.

 

Fortalecer relacionamentos

A curadoria de informação segmentada para o público que você pretende impactar também é capaz de fortalecer o relacionamento com leads, prospects, clientes, fornecedores e parceiros de negócios. A razão disso é a proximidade que você estabelece com cada stakeholder que se comunica com a sua marca.

Gerando valor por meio de conteúdo inteligente, sua empresa desenvolve vínculos emocionais com a audiência selecionada e estimula a lealdade à marca.

 

Mostrar novos pontos de vista

A curadoria de conteúdo não se resume a apenas compartilhar conhecimento de outras fontes, mas também proporcionar novos pontos de vista sobre o assunto tratado. E essa nova visão pode vir da sua própria empresa.

Digamos que você encontre uma informação sobre o seu mercado da qual discorda totalmente. Você pode aproveitá-la para dar a sua opinião sobre o tema e gerar um debate positivo em torno da ideia em meio aos seus seguidores.

 

Mostrar que você está preocupado com o seu público, não com você mesmo

A criação de conteúdo original sempre está no topo das prioridades de quem faz marketing de conteúdo porque é a maneira mais eficaz de mostrar aquilo que se sabe. Porém, o conteúdo próprio vem carregado daquilo que pensamos e valorizamos, certo?

Ao investir em curadoria de conteúdo, mostramos que estamos abertos a novos pontos de vista e que abrimos mão da nossa visão de mundo para mostrar ao nosso público outras perspectivas.

 

Conectar-se com influenciadores digitais

O marketing de influência tem se mostrado uma estratégia de grande valor para ganho de visibilidade e engajamento na internet. Porém, você precisa estar conectado aos influenciadores certos.

Uma boa maneira de fazer com que os influencers conheçam a sua empresa e se interessem por ela é selecionando conteúdos deles no seu processo de curadoria de conhecimento e compartilhando-os de forma pública, sempre referenciando o autor.

 

Como fazer curadoria de conteúdo na sua empresa?

Fazer uma curadoria de conteúdo consistente é o ponto de partida para uma estratégia de marketing de conteúdo vencedora, por isso, selecionamos os pontos principais que você deve observar ao iniciar essa tática:

 

Identifique o seu content core

A essência da sua estratégia de conteúdo deve ser sempre unificar o valor que a sua empresa é capaz de gerar com os interesses dos seus potenciais clientes. É na intersecção entre essas duas variáveis que você encontra o seu content core, ou seja, o propósito da sua estratégia de marketing de conteúdo.

Liste os problemas que a sua empresa se propõe a resolver e os benefícios que os consumidores podem ter ao contratar as suas soluções. Serão esses tópicos que deverão ser buscados no processo de curadoria, visando fortalecer a voz da sua marca.

Se você já tem uma taxonomia de conteúdo elaborada, esse processo pode se tornar mais fácil.

 

Encontre o formato ideal de conteúdo para a sua audiência

Seus leads e clientes preferem blog posts, infográficos ou whitepapers? São fãs de vídeos ou podcasts?

Compreender quais são os tipos de conteúdo que mais fazem sucesso com o seu público vai ajudá-lo a encontrar os melhores conteúdos para curar, trazendo maior consistência para a sua estratégia de marketing.

 

Crie um fluxo de trabalho consistente

Ter processos de curadoria de informação bem elaborados evita que sua estratégia seja interrompida pelos imprevistos do dia a dia. Sendo assim, considere:

  • Ter um dia da semana específico para fazer a curadoria de conteúdo;
  • Criar categorias ou eixos temáticos que você deseja monitorar na web;
  • Eleger uma ferramenta de curadoria de conteúdo que permita reunir todas as informações sobre os tópicos de interesse do seu público em um único lugar;
  • Criar critérios de seleção para os conteúdos curados, segmentando aqueles que serão compartilhados e aqueles que não atendem ao que a sua marca se propõe a fazer;
  • Realizar o agendamento dos conteúdos curados seguindo as melhores práticas de cada rede social ou plataforma online.

 

Melhores práticas de curadoria de conteúdo web

Além do planejamento e organização, também é necessário seguir algumas melhores práticas na curadoria de conteúdo para não acabar perdendo o potencial que essa tática tem. Confira quais são:

 

Dê os devidos créditos

Muitas pessoas acreditam que curadoria de conteúdo é copiar conteúdo alheio, mas não.

Quando compartilhamos conteúdo de outros sites, devemos dar os devidos créditos, seja mencionando a marca ou fazendo o redirecionamento adequado quando incorporarmos esse conteúdo em nosso site.

Manter uma atitude ética é essencial para fortalecer sua reputação online. E caso o veículo de comunicação que compartilhou a informação originalmente fique sabendo que você deu visibilidade ao conteúdo respeitando as melhores práticas do mercado, você pode, inclusive, conquistar um inbound link ou até ter um conteúdo seu compartilhado por esse player.

 

Privilegie a qualidade, não a quantidade

Na ânsia de gerar engajamento nas redes sociais, muitas empresas acabam exagerando na quantidade de conteúdos curados e compartilhados, abarrotando as timelines de seguidores.

A ideia aqui é sempre gerar valor, complementar algo que já foi dito em seu blog ou então despertar o interesse por algum conteúdo inteligente que está por vir.

Nesse sentido, privilegie sempre a qualidade dos conteúdos que você compartilha. É melhor ser conhecido pelo compartilhamento de conteúdo relevante do que como aquela empresa que faz spam com o conteúdo alheio.

 

Não substitua a produção de conteúdo pela curadoria

Produção de conteúdo digital e curadoria de conteúdo devem andar de mãos dadas, procurando sempre despertar o interesse dos internautas. Se você só faz curadoria de informações, as pessoas vão entender que você não tem know-how sobre o assunto e acabarão seguindo seus concorrentes.

Tenha a curadoria de conteúdo como uma aliada na sua estratégia de marketing de conteúdo épico, considerando sempre o que pode agregar informações ao que você já falou em seu site, blog ou redes sociais.

 

Acrescente valor aos conteúdos curados

A automação de marketing permite que você automatize uma série de atividades no marketing de conteúdo, como a divulgação dos conteúdos selecionados por meio da curadoria. Entretanto, só replicar o que os outros dizem pode não ser tão efetivo.

O ideal é que você adicione um toque pessoal a cada publicação. Leia o conteúdo que está prestes a compartilhar e faça um comentário, uma observação, uma crítica. Isso mostra que você se preocupou em verificar a qualidade da informação antes de qualquer coisa.

 

Mencione os autores

Uma boa prática de curadoria de conteúdo e que pode contribuir para escalar seus resultados é mencionar os autores do conteúdo na sua postagem. Se você tiver agregado um ponto de vista diferenciado ao conteúdo original, pode ganhar mais compartilhamentos e visibilidade para o seu site e também para a sua marca.

 

Estimule o debate

Em vez de apenas compartilhar um conteúdo, primeiramente faça um breve resumo do que é tratado no artigo ou peça de conteúdo e faça uma pergunta que estimule os usuários a lerem na íntegra e emitirem suas opiniões.

É dessa maneira que você gera mais engajamento nas redes sociais e constrói uma audiência leal à sua marca.

 

Dê destaque a uma citação

As pessoas realmente gostam de citações e frases de impacto. Muitas vezes, são elas que nos levam a ler um determinado conteúdo na web. Sendo assim, selecione um trecho de impacto do conteúdo que você está prestes a compartilhar e use-o como chamariz para que as pessoas parem para ver o que você está publicando.

 

Mantenha tudo organizado

Uma das atividades principais do curador de conteúdo é manter todas as informações catalogadas e organizadas. Esse cuidado contribui para que você resgate informações com maior velocidade e mantenha um controle de tudo o que sua empresa já compartilhou na internet.

Havendo necessidade de retomar algum diálogo ou recuperar algum dado, você não precisará recorrer ao Google e contar com a sorte de encontrar o mesmo conteúdo novamente.

 

Ferramentas de curadoria de conteúdo para você explorar

Existem várias ferramentas que nos ajudam a fazer curadoria de conteúdo e gerar maior valor para nossos visitantes. Confira algumas das mais importantes e fáceis de usar:

 

Google Alerts

A Google tem um serviço de alertas de novos conteúdos publicados que pode servir bem para quem está começando a fazer curadoria de informações na web. Basta acessar o Google Alerts, fazer login com sua conta do Gmail e programar palavras-chave ou temas que você gostaria de monitorar.

Você receberá um e-mail com o resumo de todas as publicações feitas que têm relação com a palavra-chave inserida, podendo, posteriormente, selecionar os melhores conteúdos para compartilhar com o seu público.

 

Scoop.it

Com o Scoop.it você descobre conteúdos relevantes na web, seleciona-os em dashboards segmentados e bastante visuais e ainda pode compartilhar esses conteúdos em redes sociais rapidamente por meio da plataforma. A ferramenta possui versões para pessoas físicas e empresas, com contas gratuitas e pagas.

 

Pocket

No Pocket você insere os sites que deseja acompanhar e os temas do seu interesse. O aplicativo compila todas as informações num único lugar. Depois, é só analisar aquilo que você acha mais interessante compartilhar com sua audiência.

 

Curata

Um dos softwares de curadoria de conteúdo mais completos, o Curata oferece uma solução capaz de coletar, segmentar e organizar conteúdos de diversas fontes de informação, dando à sua empresa um respaldo enorme para manter sua estratégia de conteúdo sempre relevante.

 

Curadoria de conteúdo x produção de conteúdo: como equilibrar?

Ao chegar ao final deste artigo, você pode estar se perguntando qual seria a quantidade ideal de conteúdo próprio e conteúdo curado para ganhar tração na sua estratégia de marketing de conteúdo. Pois bem, temos algumas dicas nesse sentido:

  • Tática 5-3-2: consiste em publicar 5 conteúdos curados, 3 conteúdos da sua marca e 2 conteúdos pessoais.
  • Tática 4-1-1: são 4 conteúdos de marca, 1 conteúdo pessoal e 1 conteúdo de terceiros.
  • Tática 5-5-5: equilíbrio entre 5 conteúdos de marca, 5 conteúdos curados e 5 conteúdos que respondem aos usuários.
  • Tática da proporção dourada: 30% conteúdos da marca, 60% de conteúdos curados e 10% de conteúdos promocionais.

Você pode testar todas essas táticas por um determinado período de tempo e verificar os resultados alcançados. Também pode experimentar outras proporções entre conteúdo próprio e conteúdo de terceiros, segundo as possibilidades da sua empresa.

Pronto para fazer curadoria de conteúdo e alavancar seus resultados? Então aproveite e leia também como o content hacking pode contribuir para elevar a sua performance!