Inbound marketing e marketing de conteúdo: uma relação simbiótica

relação simbiótica

Embora inbound marketing e marketing de conteúdo existam há décadas, foi somente a partir de 2009 que começamos a ouvir com mais frequência esses termos.

O movimento impulsionado pela Hubspot valorizou o marketing de entrada e trouxe à tona a necessidade de modificar as estratégias de marketing até então utilizadas, especialmente no ambiente online, onde o comportamento do consumidor se mostra mais proativo e dinâmico.

Apesar da explosão de empresas de inbound marketing e marketing de conteúdo em todo o mundo, ainda há muita gente que confunde as duas estratégias.

Aqui na ÀBrasileira, temos nossa própria definição do que é inbound marketing e do que é marketing de conteúdo, portanto, acompanhe nosso raciocínio e veja se você está de acordo!

O que é inbound marketing

Comecemos pela visão macro do processo de captação, conversão e fidelização de clientes. Ou, se preferir, com a definição do que é inbound marketing.

Para a Hubspot, inbound marketing é uma estratégia que tem por objetivo atrair clientes por meio de conteúdo relevante e útil, agregando valor em todas as etapas da jornada do consumidor.

Já para a Optimizely, inbound marketing é definido como uma metodologia de marketing que visa atrair visitantes e clientes em potencial em vez de promover a marca, seus produtos ou serviços.

A Pardot, por sua vez, define o conceito de inbound marketing como uma forma de atrair compradores até você e estimular o envolvimento deles com a sua marca.

O que essas três definições têm em comum é que o objetivo central é atrair clientes.

O equívoco da Optimizely é dizer que não há promoção da marca, pois, segundo a metodologia inbound, quando o consumidor está próximo do estágio de decisão, o papel do inbound marketing é justamente colocá-lo frente a frente com os produtos e serviços da empresa.

Já o equívoco da Hubspot, assim como da quase totalidade das empresas que trabalham com inbound marketing, é apresentar a metodologia como algo linear. Inbound marketing é processo, portanto, é cíclico.

Pois bem, e para a ÀBrasileira, o que é inbound marketing? Acreditamos que inbound marketing é ajudar nossos clientes ou os clientes de nossos clientes a tomarem decisões por si próprios.

Somos conscientes de que a jornada de compra é percorrida majoritariamente sem interferência alguma de qualquer marca e que o consumidor é quem está à frente desse processo. Nosso papel, enquanto empresa de conteúdo, é o de educar o público-alvo para que ele tenha condições de fazer escolhas melhores.

Um adendo: o inbound marketing não salva empresas ruins

Diante da afirmação anterior, de que o papel fundamental do inbound marketing é educar o público para que ele faça melhores escolhas, faz-se necessário acrescentar um adendo a este artigo.

Você pode investir milhares de reais em inbound marketing, mas, se a sua empresa for ruim, ele não vai te salvar. De nada adianta investir em produção de conteúdo digital se o atendimento da empresa peca nos mínimos detalhes, como a cordialidade.

Também não há razão para acreditar que você vai atrair mais clientes com inbound marketing se a sua empresa passa por uma crise de imagem on e offline.

Para que o inbound marketing funcione, sua estrutura, seus processos, seus produtos e serviços e sua equipe precisam ser impecáveis. Agora voltemos ao assunto do artigo: inbound marketing e marketing de conteúdo.

O que é marketing de conteúdo?

Recentemente publicamos um artigo aqui no blog respondendo à essa pergunta de forma particular: o que é marketing de conteúdo para a ÀBrasileira. Fique à vontade para revisitar o post antes de continuar com esta leitura.

Se você ao menos deu uma olhadinha na imagem do post sugerido acima, já entendeu que para nós, a definição de marketing de conteúdo é servir bem ao seu cliente. É gerar valor para ele compartilhando os conhecimentos que sua empresa acumulou durante o tempo.

A relação simbiótica entre marketing de conteúdo e inbound marketing

Com toda certeza você está aí se perguntando ok, mas qual a relação entre inbound marketing e marketing de conteúdo?. E mais: quais as diferenças entre marketing de conteúdo e inbound marketing?

Inbound marketing, enquanto processo, se utiliza de uma série de ferramentas para atrair o interesse das pessoas, transformá-las em leads, convertê-las em clientes e fidelizá-las. O marketing de conteúdo é apenas uma dessas ferramentas (ainda que seja a principal).

Um evento é uma estratégia de inbound marketing; a degustação de produtos dentro do supermercado é uma estratégia de inbound marketing; o oferecimento da aferição da pressão arterial para transeuntes em uma praça é uma estratégia de inbound marketing. Como você pode ver, nada exatamente relacionado à produção de conteúdo para web.

O marketing de conteúdo, por sua vez, é pautado no compartilhamento de conhecimento, nos mais variados formatos: posts, vídeos, e-books, infográficos, memes, gifs, transmissões ao vivo em redes sociais e por aí vai.

O que conecta inbound marketing e marketing de conteúdo é que, para atrair internautas, você basicamente tem que compartilhar algum tipo de conteúdo. Para ter presença digital, você precisa investir em conteúdo relevante.

Para relacionar-se com seus leads, você precisa de uma estratégia de marketing de conteúdo segmentada e personalizada. Em suma, a internet é movimentada à base de conteúdo. E por esse motivo ele é o principal pilar do inbound marketing.

Ficou mais clara a relação entre inbound marketing e marketing e de conteúdo? Saiba agora se a sua estratégia de inbound marketing está pronta para o Knowledge Graph!