Marketing de conteúdo e SEO: como integrar as estratégias?

pessoas operando engrenagens

Marketing de conteúdo e SEO é como pastel romeu e julieta. O resultado nunca será o mesmo se você deixar de colocar o queijo ou a goiabada.

Mas, ainda que todo mundo saiba que conteúdo de qualidade faz a diferença em projetos de SEO e vice-versa, boa parte das pessoas não sabe como integrar uma estratégia à outra.

Há até quem pensa que fazer SEO se limita apenas à criação de conteúdo que leva algumas palavras-chave.

Tudo bem que conteúdo sem otimização seja como John Travolta sem a Olívia Newton-John, mas a verdade é que marketing de conteúdo e SEO são coisas distintas, porém, indissociáveis. Se você deseja ter sucesso no marketing digital, tem que investir em ambos.

 

SEO e marketing de conteúdo: do técnico ao humano

Quando definimos o que é SEO, costumamos dizer que se trata de um conjunto de técnicas que visam tornar o seu site mais amigável para os mecanismos de buscas. Em outras palavras, criamos formas de nos fazermos entendidos pelos algoritmos que comandam a ordenação dos resultados nos motores de buscas, como o Google.

Se fôssemos produzir um conteúdo digital apenas para o Google, poderíamos deixar de lado uma série de floreios, pensamentos e reflexões que fazemos. Isso porque, por mais que a inteligência artificial tente simular o pensamento humano, ela segue sendo uma máquina. E sendo máquina, necessita de comandos objetivos.

Podemos dizer, então, que o SEO é parte técnica da comunicação online. O marketing de conteúdo, por sua vez, é o lado humano.

É o produtor de conteúdo que dá personalidade e voz ao que a sua empresa tem a comunicar. É na hora de criar o conteúdo que você se coloca no lugar do seu potencial cliente e entende o contexto em que ele está inserido. É neste momento que você sente as dores da sua audiência e compreende como ajudá-la compartilhando aquilo que você sabe.

É conciliando marketing de conteúdo e SEO que você conquista a primeira página do Google e, ao mesmo tempo, atrai a atenção dos internautas, gerando tráfego para o seu site e conversões para o seu negócio.

Agora que você já entendeu a indissociabilidade do marketing de conteúdo e SEO, saiba como integrar essas estratégias ao longo do tempo e obter mais sucesso no universo online!

 

Entenda o que seu público quer e precisa

Se você já acompanha o blog da ÀBr há algum tempo, é desnecessário dizer que marketing de conteúdo épico é tudo sobre o usuário, não sobre você. Consequentemente, SEO também deve ser pensado e aplicado a partir do ponto de vista do seu potencial cliente.

É por esse motivo que cada vez mais falamos em intenção do usuário. Quando uma pessoa abre o navegador e faz uma busca, o que ela procura? É com base nisso que você deve selecionar as palavras-chave para a sua estratégia de conteúdo.

A intenção do usuário, assim como o momento pelo qual ele passa, também são determinantes para que você desenvolva um conteúdo personalizado para ele.

É o que sempre dizemos: entregar o conteúdo certo, para a pessoa certa, no momento exato em que ela precisa dele. Mantenha isso sempre em mente quando for integrar marketing de conteúdo e SEO.

 

Tenha objetivos claros

Ter um tráfego gigantesco nem sempre significa altas taxas de conversão. O que quero dizer com isso?

Você pode ser o responsável pelo marketing de uma instituição de ensino e, de repente, perceber que há um grande volume de buscas por uma palavra-chave qualquer, como “Maria do Bairro”.

Para atrair essas pessoas que estão buscando por “Maria do Bairro”, você otimiza uma página do seu blog educacional com essa palavra-chave e logo chegam milhares de acessos. Ótimo, não é? Nem tanto.

Embora você tenha incrementado o tráfego orgânico do seu site, isso não significa que você esteja atraindo as pessoas certas. E o peso dessa decisão vai se refletir em uma taxa de conversão vinda do site baixíssima, afinal, o volume de visitas é alto, mas as pessoas que realmente se inscrevem para alguma coisa é infinitamente menor.

A lição aqui é não se iludir com sites que recebem milhões de acessos e querer fazer igual a eles. Se você fizer uma análise de SEO mais apurada desses sites, vai perceber que eles ranqueiam para muitas coisas que nada têm a ver com a expertise deles.

Diante disso, tenha objetivos muito claros ao iniciar uma estratégia de marketing de conteúdo e SEO. Visibilidade a qualquer custo nem sempre gera resultados palpáveis.

 

Foque no conteúdo do seu conteúdo

A falha de muitas empresas, inclusive de algumas agências de SEO, é fazer com que a produção de conteúdo se torne escrava da otimização. Ou seja, a qualidade do conteúdo, a resposta ao problema do usuário, fica em segundo plano, dando lugar ao keyword stuffing e ao conteúdo antinatural.

São aqueles blog posts que repetem a mesma palavra várias vezes na mesma frase ou parágrafo, tornando a leitura difícil e enfadonha.

A dica aqui é focar na sua mensagem central, naquilo que você quer ensinar para as pessoas. Depois de ter o conteúdo pronto, você revisa e vai acertando a questão do uso da palavra-chave primária e das palavras-chave secundárias, assim como a linkagem interna.

 

Mantenha um keyword map

O keyword map ou mapa de palavras-chave é um recurso que utilizamos aqui na ÀBrasileira para facilitar a integração entre marketing de conteúdo e SEO.

Nele, estão registradas todas as páginas do nosso site, bem como a palavra-chave central para a qual cada uma delas foi desenvolvida.

Assim, quando estamos produzindo um conteúdo evergreen, temos uma fonte segura de quais palavras-chave já foram usadas e quais não. Também facilita no momento de fazer os links internos, pois temos todas as URLs e keywords mapeadas nesse documento.

 

Evite a canibalização de palavras-chave

Algumas empresas têm uma certa neura com algumas palavras-chave. Sabe aquela fixação que não sai da cabeça? Tipo, preciso aparecer na posição zero do Google para essa keyword a qualquer custo?

Então, essa afobação pode levar a um fenômeno chamado de canibalização de palavras-chave. Em outras palavras, várias páginas do site otimizadas para o mesmo termo exato.

Qual é o problema desse tipo de “estratégia”? Basicamente, todas as páginas que estão otimizadas para a mesma palavra-chave vão competir entre si, impedindo que qualquer uma delas chegue ao tão sonhado primeiro lugar.

Para manter a relevância tanto no marketing de conteúdo quanto no SEO, é fundamental que cada página criada, isto é, cada conteúdo web publicado, tenha uma única palavra-chave central.

 

Atualize seus conteúdos periodicamente

A tendência de toda empresa que compra conteúdo para blog é publicar o conteúdo e esperar o milagre acontecer. Às vezes ele até acontece, mas com o tempo, vai perdendo posicionamento.

Daí surge o discurso que terceirizar o marketing de conteúdo é furada. Porém, o óbvio foge aos olhos dessas pessoas.

Sua concorrência está de olho no que você faz e novos concorrentes surgem todos os dias. Todo mundo investindo em marketing de conteúdo e SEO. Se alguém teve uma sacada genial que você não teve, seu conteúdo perde posicionamento.

É por isso que eu sempre digo que conteúdo para web é vivo. Inclusive, escrevi um post falando sobre o ciclo de vida do conteúdo. Ele nasce, cresce e morre. Nosso papel enquanto estrategistas de conteúdo é fazer com que ele dure o máximo possível. Como? Atualizando-o.

Dá para acrescentar informações, tirar informações, inserir imagens, integrar vídeos, melhorar as CTAs, adicionar recursos, pintar e bordar. Dá até pra escrever um conteúdo totalmente novinho em folha. O que não dá é para esperar que a sua estratégia de marketing de conteúdo e SEO continue dando resultados sem esforço nenhum.

Chega por hoje? Ok, sem problemas. Mas sugiro que você fique de olho nos próximos posts aqui da ÀBr, porque vamos falar muito mais sobre como gerar melhores resultados com marketing de conteúdo e SEO.

Assine a newsletter aí embaixo e receba notificações por e-mail!

seta pra baixo